NOTÍCIAS

ODONTOLOGIA

Agentes comunitários de saúde recebem treinamento sobre câncer de boca

Começou na segunda-feira (23) e vai até sexta-feira (27) uma capacitação com agentes comunitários de saúde da família em Cuiabá, com foco na prevenção e diagnóstico precoce das doenças de boca. A ênfase maior do curso é no câncer bucal.

Este tipo de câncer é o quinto de maior incidência no Brasil entre os homens. A estimativa, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), é que no biênio 2018-2019, 14.700 novos casos sejam diagnosticados, sendo 11.200 em homens e 3.500 em mulheres. Em Mato Grosso, a estimativa do Inca, é que 150 homens e 40 mulheres – considerando-se as taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes – tenham a doença em 2019.

A capacitação está sendo facilitada pela cirurgiã-dentista Diurianne Caroline Campos França, doutora em Ciência Odontológica com concentração em Saúde Bucal da Criança, membro do Núcleo Técnico Científico do Telessaúde, ligado à Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT, e estomatologista da Secretaria Municipal de Saúde Cuiabá. Todos os 615 agentes da Capital participarão.

“Os agentes comunitários de saúde são nossos intermediários com a população. Eles são os aqueles que vão até a casa dessas pessoas, ouvem as queixas, observam sinais e sintomas. Então, é fundamental que possamos capacitá-los, exatamente para que quando identificarem pessoas com alguma alteração na boca, caroço, ferida e/ou manchas que não cicatrizam a mais 15 dias, por exemplo, possam orientar e encaminhar estes pacientes ao cirurgião-dentista, para exames mais específicos”, explica Diuranne.

Um dos objetivos da capacitação é ter um fluxo especifico de encaminhamento nos casos de alterações bucais. Após identificação de um ou mais sintomas, os agentes poderão encaminhar o paciente para a Clínica Odontológica do Dom Aquino, onde será realizada uma avaliação estomatológica, exame mais específico e completo.

A cirurgiã-dentista também lembra que durante a capacitação, a ideia é sensibilizar os próprios agentes comunitários. “Por ficarem muito expostos ao sol, já que visitam a casa da população e andam muito, eles são considerados grupo de risco. Portanto, a capacitação também falará sobre a importância de usarem os equipamentos de proteção individual, como chapéu, boné, camisa de manga comprida com proteção ultravioleta, proteção solar e protetor labial”, completa.

A capacitação focada nos agentes comunitários de saúde é realizado pelo Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), Telessaúde e Prefeitura de Cuiabá.

O câncer bucal

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) alerta que tabaco, álcool, exposição solar, HPV, má higiene bucal e alimentação são fatores externos frequentemente associados ao câncer bucal. Dentre os fatores internos estão a genética, desnutrição, imunossupressão, idade e sexo.

A enfermidade tem comportamento agressivo e o tratamento é mutilante, além de ser excludente socialmente. A prevenção, tanto por meio do autoexame bucal como exames em consultórios, é fundamental. Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), a prevenção pode ajudar a reduzir a incidência de câncer em até 25% até 2025.

O Ministério da Saúde identifica abaixo os principais sinais/sintomas que devem ser observados:

 

  • lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias;
  • manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, palato (céu da boca), mucosa jugal (bochecha);
  • nódulos (caroços) no pescoço;
  • rouquidão persistente;
  • dificuldade de mastigação e de engolir;
  • dificuldade na fala;
  • sensação de que há algo preso na garganta.

COMENTÁRIOS

Warning: mysqli::mysqli(): Headers and client library minor version mismatch. Headers:100508 Library:100236 in /home/u419193266/domains/cromt.org.br/public_html/starter/db/mysqli.php on line 22